• + [051] 9 9831 1023 WhatsApp
  • rudineimorales@rudineimorales.com.br

Brechó da Humanidade

Vila Flores \ Porto Alegre \ 2018

Resitência Artísitca no Vila Flores

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Ana Maria Skavinski

Serviço:

Segundas-feiras, de 13 de Agosto à 23 de Setembro de 2018, às 19h30!
Reservas pelo Whatsapp [51]998311023
Rua São Carlos, 753 – Bairro Floresta – Porto Alegre
Classificação: 14 anos
Duração de 45 minutos

Entrada franca e contribuição espontânea ao final do espetáculo!

Café do Vila estará aberto à partir das 18h para acolher o seu fim de tarde e prepará-lo para o espetáculo.

Preâmbulo:

Em 1957, um objeto terrestre, feito pela mão do homem, foi lançado ao universo, onde durante algumas semanas girou em torno da Terra segundo as mesmas leis de gravitação que governam o movimento dos corpos celestes – o Sol, a Lua e as estrelas.

É verdade que o satélite artificial não era nem Lua nem estrela, não era um corpo celeste que pudesse prosseguir em sua órbita circular por um período de tempo que para nós, mortais limitados ao tempo da Terra, durasse uma eternidade.

Ainda assim, pôde permanecer nos céus durante algum tempo, e lá ficou, movendo-se no convívio dos astros como se estes o houvessem provisoriamente admitido em sua sublime companhia.

Este evento, que em importância ultrapassava todos os outros, até mesmo a desintegração do átomo, teria sido saudado com a mais pura alegria não fossem as suas incômodas circunstâncias militares e políticas.

O curioso, porém, é que essa alegria não foi triunfal. O que encheu o coração dos homens que, ao erguer os olhos para os céus, podiam contemplar uma de suas obras-primas, não foi orgulho nem assombro ante a enormidade da força e da proficiência humanas. A reação imediata, expressa espontaneamente, foi alívio diante do primeiro passo para libertar o homem de sua “prisão na terra”.

Esta estranha declaração, longe de ser um lapso acidental de algum repórter estadunidense da época, reflete até hoje uma certa “condição humana”, uma certa ideia equivocada que credencia o homem à propriedade de algo que não lhe pertence, e o torna deus de um lugar que não existe.

Adaptado do livo A Condição Humana de Hannah Arendt

Von Teese \ Porto Alegre \ 2017

Dando sequência à proposta de ocupar lugares inusitados ao teatro, no dia 23 de Novembro de 2017, o incrível espetáculo de Teatro de Objetos, invadiu as dependências do Von Teese – High Tea & Cocktail Bar, bar descolado e sempre aberto à função burlesca e às expressões artísticas em Porto Alegre.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Carolina Disegna

Classificação 14 anos

Espetáculo vencedor do Troféu Açorianos – Melhor Ator 2016

Comitê Latino-Americano \ Porto Alegre \ 2017

Brechó da Humanidade apresentou-se no Comitê Latino-Americano em Porto Alegre, no dia 23 de Outubro de 2017.

Numa apresentação impecável e de casa lotada, o espaço ficou pequeno para tantos olhares curiosos. O lugar que é referência libertária na capital gaúcha, abriu agenda para receber a singela e potente performance sobre a vida e os amores da filosofa alemã Hannah Arendt.

Ali também celebramos os 101 anos de nascimento desta magnífica mulher.

Após a encenação ainda houve um bate papo riquíssimo sobre Teatro de Objetos e Filosofia.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Caroline Fleck

Classificação 14 anos

Espetáculo vencedor do Troféu Açorianos de Teatro – Melhor Ator 2016

Germina \ Porto Alegre \ 2017

Rompendo a lógica consumista e ousando na atitude, o projeto #solosanimados e o Restaurante Germina apresentam:

Brechó da Humanidade – Teatro de Objetos sobre Hannah Arendt

A função, espetáculo + jantar vegano, vai acontecer no dia 24 de Julho de 2017 no salão do Restaurante Germina, em Porto Alegre, no formato SEM PREÇO – e você contribui generosamente no final por toda a experiência.

O Germina é um restaurante e uma hamburgueria vegana, duma turma das mais legais de Porto Alegre, e que defende a libertação animal e humana.

Você pode participar!

Tudo vai começar às 19h do dia 24 de Julho, com a recepção do público feita pelo personagem Seu Bibico, dono do Brechó da Humanidade. O espetáculo começará pontualmente às 19:30h e logo depois será servido o delicioso jantar vegano do Germina.

São apenas 35 lugares para o espetáculo + jantar + troca+ alegria + reflexão + filosofia + Hannah Arendt.

Canais para reservar a sua presença:

facebook.com/rudineimorales
rudineimorales@rudineimorales.com.br
www.rudineimorales.com.br
[51] 9 9831 11023 – whatsapp – VIVO
contato@coletivogermina.com.br
www.coletivogermina.com.br

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Márcio Camboa

Classificação 14 anos

Espetáculo vencedor do Troféu Açorianos de Teatro – Melhor Ator 2016

Festival Espetacular de Teatro \ Curitiba \ 2017

Selecionados para o 21º Festival Espetacular de Teatro de Bonecos de Curitiba, os espetáculos que compõem o projeto #solosanimados apresentam-se nos dias 17 e 18 de Julho na capital paranaense.

No dia 17 de Julho de 2017 Brechó da Humanidade abre oficialmente o festival às 19h, no Teatro José Maria Santos e logo após a apresentação haverá uma conversa sobre o espetáculo.

No dia 18 de Julho de 2017 é a vez d’O Teatro de Caixa apresentar-se às 14h em frente ao Teatro Guaíra, na Praça Santos Andrade, lugar conhecido pelo “Teatrinho”, que lá esteve em Julho de 2013 para duas apresentações inesquecíveis.

O Festival Espetacular de Teatro de Bonecos de Curitiba é produzido anualmente pelo Departamento de Produções Artísticas do Teatro Guaíra e financiado pelo Governo do Estado do Paraná. É uma das mais importantes instancias do gênero teatral e anualmente reverência a produção nacional e internacional, promovendo o encontro entre artistas e público além do intercâmbio entre bonequeiros de diversas gerações.

O projeto #solosanimados é  uma proposta de pesquisa ampla e continuada, focada na produção e circulação de espetáculos teatrais de repertório que utilizem, na sua concepção dramatúrgica, diferentes técnicas do Teatro de Formas Animadas. Tem como fundamento a manutenção, na equipe de criação, de Liane Venturella dirigindo e  Rudinei Morales atuando. Transita do antigo teatro de animação à vanguarda do gênero, iluminada, ora pelo aprofundamento da teatralidade, ora pela ênfase no caráter espetacular.

A pesquisa busca, se não um novo caminho, uma nova forma de apropriação do Teatro de Formas Animadas à partir da experiência e da qualidade destes dois artistas.

 

Vila Flores \ Porto Alegre \ 2017

Brechó da Humanidade nos dias 20, 21 e 22 de Maio e  17, 18 e 19 de Junho de 2017, Sábados e Domingos às 19h e Segundas-feiras às 20h.

Theatro do Abelardo \ Rua Hoffmann, 459 \ Vila Flores – Porto Alegre \ RS
Duração: 50 minutos

Ingressos: R$30,00 \ meia entrada: estudantes, professores, idosos e classe artística.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia se debruça sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, e desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

O projeto pesquisa uma linguagem inovadora, utiliza como personagens objetos produzidos em grande escala pela indústria de bens. Nestes objetos residem signos compreensíveis a todos e todas e a busca é humanizar aquilo que aparentemente não possui humanidade.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Paulo Pereira

Classificação 14 anos

Informações e Reservas:

[51] 998311023

rudineimorales@rudineimorales.com.br

Palco Giratório Sesc \ Porto Alegre \ 2017

No dia 12 de Maio de 2017 aconteceram as duas apresentações do espetáculo Brechó da Humanidade no Teatro do Sesc Porto Alegre, durante o Festival Palco Giratório.

Release:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, Troféu Açorianos de Teatro – Melhor Ator 2016, é uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Paulo Pereira

Classificação 14 anos

Sala Álvaro Moreyra \ Porto Alegre \ 2017

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20. A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

Comumente associamos o velho à poeira, às traças e ao mau cheiro. O velho, nos nossos tempos, sucumbe diante à obsolência programada dos bens contemporâneos, a uma angústia, a esta “condição humana”.

Brechó ou mercado de pulgas, seja qual for o nome dado ao estabelecimento comercial que recebe, vende ou troca objetos antigos, na essência, trata-se de um lugar onde a história persiste em estar viva. Cada vez mais raros, estes estabelecimentos guardam memórias e permanecem como redutos da mais pura verdade sobre o momento em que vivemos: o velho será substituído pelo novo e isso é inevitável.

O espetáculo Brechó da Humanidade propõe uma resistência, uma pausa no tempo, uma pausa neste nosso tempo da Terra, e numa arena de três lados pretende instalar “um lugar atemporal”.

A atuação é tarefa para Rudinei Morales, premiado neste espetáculo com o Troféu Açorianos de Teatro – Melhor Ator 2016, o artista é o idealizador do projeto #SOLOSANIMADOS, proposta de pesquisa ampla e continuada, focada na produção de espetáculos teatrais de repertório que utilizem, na sua concepção dramatúrgica, diferentes técnicas do Teatro de Formas Animadas. Brechó da Humanidade é o segundo espetáculo deste projeto, que conta ainda com O Teatro de Caixa” que estreou em 2011 e segue em circulação pelo Brasil.

A trilha sonora original de Álvaro RosaCosta é composta por músicas inspiradas pela sonoridade dos próprios objetos de cena, buscando um estranhamento sensitivo, uma ambiência envolvente e constrangedora.

A direção de Liane Venturella é o brinde do espetáculo. Dotada de capacidade ímpar em embargar de teatro, dos recursos do teatro, qualquer trabalho em que se envolva, a experiência da artista, em mais de 30 anos de carreira, à credencia para executar uma direção limpa e objetiva, clara e contundente.

Local: Sala Álvaro Moreyra – Centro Municipal de Cultura de Porto Alegre.
Dias: 29 e 30 de março e de 05 a 13 de abril de 2017, quartas e quintas, às 20h.
Duração: 50 minutos.
Indicação: 14 anos.
Entrada: contribuição espontânea ao final do espetáculo.

Entrevista \ Kombi na Rede \ 2017

Brechó da Humanidade na Kombi na Rede

Entrevista sobre o espetáculo e a temporada na Sala Álvaro Moreyra, de 29 de Março à 13 de Abril de 2017, quartas e quintas-feiras às 20h. Senhas distribuídas à partir das 19h.

Classificação 14 anos.

Entrada franca e contribuição espontânea ao final de cada sessão.

KombinaRede é um veículo de comunicação tipo KOMBI, conectada à #ViradaSustentávelPoa para mostrar que #PoaValeAPena.

 

Brechó da Humanidade na Kombi na Rede

Brechó da Humanidade na Kombi na RedeEntrevista sobre o espetáculo e a temporada na Sala Álvaro Moreyra.De 29 de Março à 13 de Abril, quartas e quintas-feiras às 20h. Senhas distribuídas à partir das 19h.Classificação 14 anos.Entrada franca e contribuição espontânea ao final de cada sessão.COMPARTILHE!KombinaRede é um veículo de comunicação tipo KOMBI. Conectada à #ViradaSustentávelPoa para mostrar que #PoaValeAPena.#brechodahumanidade#culturapelademocracia#mincresiseportoalegre

Publicado por Rudinei Morales em Domingo, 2 de abril de 2017

Brechó da Humanidade \ Carnaval 2017

Em pleno Carnaval 2017, o incrível espetáculo de Teatro de Objetos realizou uma apresentação tocante e divertida na cidade de Imbituba\SC, no dia 25 de Fevereiro de 2017.

Brechó da Humanidade fez sua primeira apresentação de 2017 à beira da Lagoa de Ibiraquera, abençoando a temporada que continua em Porto Alegre de 29 de Março à 13 de Abril, numa ocupação inédita da Sala Álvaro Moreyra, no Centro Municipal de Cultura, sempre às quartas e quintas-feiras à partir das 20h.

Simplesmente imperdível!

A função fez parte do Comboio Cultural 2017, que partiu de Porto Alegre para encontrar no caminho O Teatro de Caixa, que há pouco finalizou temporada de verão no Sesc Vila Mariana em São Paulo.

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta

Classificação 14 anos

Prêmio Açorianos de Teatro \ 2016

Rudinei Morales recebe o Prêmio Açorianos de Teatro – Melhor Ator – 2016, pelo espetáculo Brechó da Humanidade.

A Coordenação de Artes Cênicas da Secretaria da Cultura de Porto Alegre divulgou, no dia 30 de Novembro, os indicados aos Prêmios Açorianos de Teatro, Tibicuera de Teatro Infanto-juvenil e Revelação 2016.

A premiação aconteceu no dia 09 de Dezembro, em cerimônia aberta, no Teatro Renascença, Centro Municipal de Cultura de Porto Alegre.

Brechó da Humanidade concorreu à outras seis categorias:

Melhor Cenografia – Rudinei Morales
Melhor Figurino – Liane Venturella
Melhor Dramaturgia – Liane Venturella e Rudinei Morales
Melhor Direção – Liane Venturella
Melhor Espetáculo de 2016 – Júri Oficial
Melhor Espetáculo de 2016 – Júri Popular

Brechó da Humanidade \ Dezembro de 2016

Em Dezembro acontece a última temporada de 2016 do espetáculo Brechó da Humanidade.

Venham todos e todas, tragam suas alegrias e suas memórias, porque será um momento de celebração e resistência.

Você que já veio e você que não conhece, venham!

A performance retorna à Porto Alegre após passagens pelo Filo – Festival Internacional de Londrina \ PR, pela Semana de Formas Animadas do Sesc Arsenal de Cuiabá \ MT, além de apresentações em São Paulo e Santa Catarina.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

A função acontece na Rua Cel. Fernando Machado, 480 – Centro Histórico de Porto Alegre.

De 03 à 12 de Dezembro, Sábados e Domingos, às 19h e nas Segundas-feiras às 20h,

Em virtude das condições do local, é possível receber apenas 12 pessoas por sessão, por isso é fundamental que você informe o dia em que irá nos alegrar com a sua presença.

A entrada é franca e a contribuição é espontânea ao final de cada apresentação.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora de Álvaro RosaCosta

Na fotografia de Paulo Pereira os ilustres artistas Júlia Barnabé e Diego Martínez

Duração 45 minutos | Classificação 14 anos

Sesc Arsenal \ Cuiabá \ 2016

De 10 à 12 de Novembro de 2016, o Projeto Solos Animados desenvolveu três de suas atividades dentro da Semana de Formas Animadas do Sesc Arsenal, em Cuiabá \ MT.

10 e 11/11 | às 09h | oficina Teatro na Caixa de Sapatos

10 e 11/11 | às 18h | espetáculo O Teatro de Caixa

12/11 | às 18h e 21h | espetáculo Brechó da Humanidade

A iniciativa é promovida anualmente pela curadoria do Sesc Mato Grosso e tornou-se uma das únicas iniciativas de caráter nacional voltada à pesquisa sobre o teatro de animação e por isso torna-se fundamental sua manutenção.

Fotografia de Matheus de Luca

Teatro Glênio Peres \ Porto Alegre \ 2016

O espetáculo Brechó da Humanidade realizou apresentações nos dias 22 e 23 de Outubro de 2016,  ás 19h, dentro das programações da II Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres, espaço cênico instalado dentro da Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

O pequeno espetáculo retornou à Porto Alegre após passagem pelo Filo 2016 – Festival Internacional de Londrina e apresentações em São Paulo e Santa Catarina.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Paulo Pereira

Produção Executiva de Rodrigo Shalako

Classificação 14 anos

Hannah Arendt \ 110 Anos \ 2016

Hannah Arendt completaria 110 anos no dia 14 de Outubro de 2016.

Três apresentações do espetáculo Brechó da Humanidade celebraram a data e a existência desta magnífica mulher.

No dia 19 de Outubro de 2016, às 19h, quem recebeu o pequeno espetáculo foi a  Pousada Mevlana Garden, na Barra de Ibiraquera, em Impibituba \ SC.

Nos dias 22 e 23 de Outubro de 2016 a função aconteceu na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea, testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta

“Usando objetos cênicos e a interação entre público e personagem, Brechó da Humanidade nos conduz através do universo da pensadora Hannah Arendt, presente em cada detalhe do cenário e do texto, criando uma experiência rica e vivencial para os espectadores.”

Xica Campagna \ Jornalista

Brechó da Humanidade \ São Paulo \ 2016

O pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos estreia na capital paulista de forma autônoma e independente.

Serão quatro apresentações em dois locais alternativos da cidade, ambos voltados para as artes cênicas e suas derivações

Nos dias 05 e 06 de Outubro de 2016, às 21h, as apresentações acontecem no Condomínio Cultural Mundo Novo, na Vila Anglo. O local, que abrigou, até os meados do século passado, um hospital, tornou-se uma especie de comunidade cultural, onde diversos projetos e artistas tem como ponto comum a interação e o apoio mútuo para desenvolver ações culturais com retorno imediato à comunidade do entorno.

E nos dias 08 e 09 de Outubro de 2016, às 20h quem acolhe o Brechó da Humanidade é o Centro de Pesquisa da Máscara, lugar que vem se dedicando, desde 2010, exclusivamente sobre o trabalho do ator mascarado e, em especial, sobre o cômico dell’arte.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20. A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Renata Ibis

Classificação 14 anos

Circuito Independente \ São Paulo \ 2016

Depois da passagem pelo 48º Filo – Festival Internacional de Londrina, O Teatro de Caixa realiza quatro apresentações no estado de São Paulo.

24/09 às 16h no Centro de Pesquisa da Máscara

25/09 às 16:30h no Sesc São José dos Campos

28/09 às 21h no Cabaret Insólito \ Condomínio Cultural Mundo Novo

12/10 às 11h e às 14h no Sesc Pompéia

Sinopse:

Pequeno e minimal, mas com camadas de recursos, O Teatro de Caixa é de grandes intenções. Mistura as linguagens do teatro lambe-lambe com o toy theatre, conduz a plateia pelos espaços do teatro, põem cinco pessoas a ouvir uma história em fones de ouvido e outras tantas a assistir tudo isso.

A performance instiga e coloca o espectador em cena, constrói uma armadilha dramatúrgica e no fim insere o público nas aventuras do contador de histórias Valentin. Adaptado do conto Os Músicos de Bremen, dos Irmãos Grimm, o espetáculo acontece à partir da manipulação de figuras dentro de uma caixa, que ora parece uma máquina, ora parece um antigo brinquedo.

Uma mini epopeia, repleta de segredos e mistérios.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta
Fotografia de Celso Pacheco

Classificação Livre

Brechó da Humanidade \ FILO Londrina \ 2016

Programado para realizar apresentações na 48ª edição do FILO Festival Internacional de Londrina, Brechó da Humanidade apresenta suas virtudes enquanto espetáculo inovador e provocador. Selecionada para apresentar-se neste, que é um dos mais importantes festivais de teatro do Brasil, a performance inicia sua jornada rumo à itinerância.

As apresentações acontecem nos dias 09 e 10 de Setembro de 2016, na sala de exposições da Biblioteca Pública de Londrina, pontualmente às 19h.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Márcio Camboa

Classificação 14 anos

Brechó da Humanidade \ 2ª Temporada Independente

Depois da temporada de estreia, em Maio, e das apresentações durante a programação do 8º Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre, em Junho, anunciamos a 2ª temporada independente de Brechó da Humanidade.

De 13 à 22 de Agosto de 2016.

Sábados e Domingos às 18h e Segundas-feiras às 20h.

Rua Coronel Fernando Machado, 480 – Centro Histórico de Porto Alegre.

Entrada franca e contribuição espontânea ao final.

Classificação 14 anos.

Sinopse:

Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de Hannah Arendt, uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

As apresentações acontecem num dos cômodos de um antigo Casarão, no Centro Histórico de Porto Alegre. Em virtude das condições do local, é possível receber apenas 12 pessoas por sessão e você deve fazer a sua reserva à partir dos canais:

rudineimorales@rudineimorales.com.br

facebook.com/rudineimorales

[51] 9831 1023 WhatsApp Vivo

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta

Fotografia de Renata Ibis

#brechodahumanidade

Cartaz da 3ª Temporada Agosto 2016

8º Festival de Teatro de Rua \ Porto Alegre \ 2016

Brechó da Humanidade cumpriu temporada no 8º Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre, de 19 à 25 de Junho de 2016, realizando 14 apresentações.

Conforme o diretor do festival, Alexandre Vargas: “deslocamos o foco dos territórios cênicos, já usuais, para uma cidade de contornos plurais, com espetáculos projetados para inscrever o festival no imaginário de Porto Alegre, então, ao assumir um papel convicto, incisivo e continuado criamos o eixo espaços singulares, lugares onde se exercitam vínculos e rupturas, relações e distanciamentos”.

Mostra “Espaços Singulares” do 8º Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre

BRECHÓ DA HUMANIDADE \ Rudinei Morales – Teatro de Animação \ Porto Alegre \ RS

ODISEO.COM \ Grupo Teatral Experiência Subterrânea – Brasil e Centro Latinoamericanode de Creación e Investigación Teatral \ CELCIT \ Argentina

KASSANDRA \ Grupo Teatral La Vaca \ Florianópolis \ SC

SHAKESPEARE INÉDITO \ Liga Profesional de Improvisación \ Argentina


Brechó da Humanidade é um pequeno e incrível espetáculo de Teatro de Objetos, uma alegoria sobre a vida e os amores de uma das mais importantes pensadoras da era contemporânea e testemunha dos anos sombrios da primeira metade do século 20.

A dramaturgia não debruça-se apenas sobre a ascensão e a queda do terceiro império alemão, desdobra-se em fatos históricos e alcança os ocorridos durante o regime militar brasileiro.

As apresentações aconteceram em espaço alternativo, no Centro Histórico de Porto Alegre. Em virtude das condições do local, foi possível receber apenas 12 pessoas por sessão.

Direção de Liane Venturella
Atuação de Rudinei Morales
Trilha Sonora Original de Álvaro RosaCosta
Fotografia de Renata Ibis

Classificação de 14 anos

Rua Coronel Fernando Machado, 480
Centro Histórico de Porto Alegre – Sul do Brasil

Sábado e Domingo | 18 e 19/06 | 18h
Segunda-feira | 20/06 | 20h
Terça à Sábado | 21 à 25/06 | sessões duplas às 12h e às 15h

Sessão Extra | 29/06 | 15h

 

1